segunda-feira, 19 de maio de 2014

E nasceu uma nuvem ..

Sabe aqueles dias que você olha pra máquina e ela olha pra você, e rola um climinha? Pois bem, depois dos chamegos iniciais, peguei nela com gosto, me enfiei na máquina e só sai quando consegui fazer alguma arteirice, saiu meio torto, maiomeno, mas fiquei feliz.
Treinando, treinando..um dia chego lá!
Mas como é difícil, aprender a andar de bike, foi bem mais fácil..HEHE
E depois de muito desmanchar, nasceu uma nuvem

Nuvem dorminhoca...

Que fique bem claro, eu nada sei ..mas desconfio, que comecei a aprender.


Risquei com giz, sem molde nenhum..


Eu fingindo que sei costurar...
                                                                  Olha, desmanchei umas 3x..
                            Minha Nossa Senhora das Costureiras, tenha paciência comigo.
                                                                


Daí, nasceu a nuvem dorminhoca..
A desculpa é que nuvem pode ser torta.. cof,cof
 


Ela toda serelepe no meio das outras ( que não foram feitas por mim, e sim pela minha maninha) ...
Foto de um domingo preguiçoso..


Costurar (mesmo não sabendo), é uma ótima terapia ..



Ótima semana!
Bjs!!
 
 


 

6 comentários:

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Ficou muito fofa! Da vontade de dentar e dormir nela, hehehe!
Parabéns!
Beijos
CamomilaRosa

casa de fifia disse...

que fofura essa nuvem menina, você tem razão costurar tira os grilos da cabeça.

baci

Ana Paula Mello Vianna disse...

Eu adorei...é assim que a gente aprende, botando a mão na massa.

Beijosssssss

Teresita disse...

Me encantó, muy buena idea!!!!

Jack Lins disse...

Amei...parabéns!!!

Gélia Carvalho disse...

Oi ellen, li o post que vc mudou 6 vezes em cinco anos, com a família toda é mais complicada, adorei a nuvem, fiz uma tb para o quarto da minha filha, mas em feltro, pois não tenho máquina, e nem habilidade de costurar nela fazendo estas curvinhas rsrs.

ficou linda, sua casa é linda adorei o rack que vc fez de caixotes, bom gosto é tudo né.

Meu marido não muda, outro dia eu queria vender minha casa, para comprar outra mais em conta, e fazer uma renda, uns planos doidos, quem disse quase surtei com um negócio bom e ele nada, mas enfim eu amo minha casinha, só que eu não tenho medo de arriscar, de investir, nem de mudanças.

bjs

Gélia