sábado, 18 de maio de 2013

Uma década de saudade..

Uma década se passou ..
A saudade é a mesma. Uma vontade de ver, ouvir a voz, sentir o carinho.
Que saudade, meu avô!
O verdadeiro pai que tive, referencia de homem, de amor e dedicação.
Às vezes me sinto perdida, sem saber que direção tomar, sem alguém para desabafar.
Sinto sua presença ao meu lado .. nas lindas tarde ensolaradas de outono, no feijão com carne seca, no cantar dos pássaros. Quando abro um livro, (não sabia ler)..mas contava historinhas como ninguém.
 Sinto sua presença quando chego tarde em casa, pois você não dormia enquanto não chegávamos.
 Sinto sua presença no pé de moleque, na bala de mel..
Sinto sua presença em mim, nas minhas crianças..no valor que você dava a vida e a cada ser que estava ao seu lado.
 Lembro-me daquele dia, calça social cinza , camisa social rosinha e seu inseparável chapéu..era de uma elegância. Naquele dia ficamos a tarde toda conversando na varanda, e lembro de você me perguntando 'vai pra escola, Elinha?' ..e no outro minuto. Tudo aconteceu tão rápido, tão de repente.
 A vida se foi ..mas a saudade, o carinho e o exemplo serão eternos em minha vida.
Chorei, choro  hoje e chorarei amanhã ..mas agora são lágrimas ternas, pois eu sei que está em um bom lugar..junto de vovó!
 Te amoo, meu paizinho!

Quantas historinhas contadas, sentadinho nessa cadeira.
Quantas saudades!
 

 E essa vai para você, meu pai querido!
GOSTAVA TANTO DE VOCÊ .. (TIM MAIA)

 
'Você marcou a minha vida
                                                                       Viveu, morreu
                                                                        Na minha história
                                                          Chego a ter medo do futuro
                                                                         E da solidão
                                                             Que em minha porta bate'...
 
 
 
Prometo voltar alegrinha.
Mas no momento me permito ficar assim, com essa saudade aflorada.
 
Lindo dia..
Bjú!




9 comentários:

Sessa Derger disse...

Tb tenho muitas saudades da minha amada bisa que se foi em 98, mas até hj sinto o cheirinho dela e sinto saudades das historias e dos cafunes!
Bjaum

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Olá! Que linda e saudosa homenagem! Histórias e mais histórias guardamos no coração...imagens de pessoas que já perdemos, e a saudade fica!
Beijos
CamomilaRosa

Coisinhas Artesanais disse...

Boa tarde! Quase chorei ao ler essa linda homenagem ao seu avô. Quanto carinho você tem por ele, lindo demais... Também amo meus avós apesar de não tê-los mais por perto. Um abraço!!! Maria Elisa

Dani Santos disse...

Saudade é uma coisa que só cresce não é? Mas sem dúvida ela se modifica, o sentimento melhora. Essa cadeira vazia expressou bem o que vc sente. Uma linda homenagem. Um forte abraço e fique bem querida Ellen
Cantinho da Galega

Cida Alves disse...

Olá Ellen!!
Que "remenber" gostoso!! Amei!!
Ter o que relembrar é a coisa mais gostosa dessa vida...!
Gosto muito de dizer uma frase assim:
"Não deixe fortunas e sim saudades"
Parabéns por esse carinho lindo!!
Haaa...amei a cadeira!!
Bjus meu bem e feliz final de semana!

Eliane Lima disse...

Que bela declaração de amor pelo seu avô mas é bom ter saudades este sentimento nos fortalece beijos eliane lima

Marina Mendes disse...

Amiga, que homenagem mais linda!!!! Me emocionou!

Marina Mendes disse...

Amiga, que homenagem mais linda!!!! Me emocionou!

Uma parte de mim disse...

Sei bem como é esse sentimento que dói no peito, essa saudade, essa lembrança...perdi meu pai e vsi fazer 3 anos em 12/10 e sinto muito, muito....